quinta-feira, 10 de novembro de 2011

Noronha do Nascimento defende que Isaltino já devia estar preso

Por:Lusa/Ionline, Ana Tomás, publicado em 10 Nov 2011
O presidente do Supremo, Noronha do Nascimento, defende que Isaltino Morais já devia ter sido preso, lançando fortes críticas à actuação do Ministério Público.

Em entrevista ao Diário Económico, Noronha do Nascimento afirma que o caso que envolve o autarca de Oeiras é um exemplo das falhas do processo penal, classificando-o como um “’case study’ perfeito do que é o labirinto do processo português”.

O presidente do Supremo dá também como exemplo no arrastamento de processos judiciais, o “Aveiro Connection”. “O processo durou oito anos, não houve um único despacho de juízes fora de prazo, os incidentes dilatórios foram tantos que demorou oito anos”, afirmou.

1 comentário:

Luís Coelho disse...

Parece-me que este senhor tem razão. Mas onde é que ele te andado...????