sábado, 29 de janeiro de 2011

Milhares de pessoas desafiam o recolher obrigatório no Egipto. Mubarak obrigado a demitir o governo, mas continua a ser rejeitado nas ruas!

5 comentários:

Nuno Sotto Mayor Ferrao disse...

Caríssimo amigo Osvaldo Castro,

No Egipto o povo continuar a crer na possibilidade da desobediência civil pelo ideal de luta contra a prepotência ditatorial de Hosny Mubarak, que suspendeu as comunicações pela internet e pelos telefones móveis, em prol da libertação dos grilhões opressivos do Presidente. É necessário que esta situação constitua uma janela de oportunidade para a paz e para a defesa dos Direitos Humanos neste país do Norte de África.

Saudações cordiais, Nuno Sotto Mayor Ferrão
www.cronicasdoprofessorferrao.blogs.sapo.pt

Luís Coelho disse...

O mundo inteiro está em mudança.
Muitos se agarraram ao poder e controlaram a economia.

Caminhamos para uma nova era.
Melhor ou pior...?
Simplesmente diferente.

Ana Paula Fitas disse...

Caro Osvaldo,
Li há pouco, na minha caixa de comentários, o que escreveu Raimundo Narciso e que passo a citar: "Corre pelo mundo árabe um vendaval de esperança no mundo árabe"... é isso!... e também por todos nós, os que acreditam que todos têm direito a viver em liberdade e com dignidade, em democracia e em paz! Por todos nós, os do Mediterrâneo, europeu ou magrebino, façamos votos de que a Democracia se instale irreversível e inequívoca! Por uma vida melhor para todas as Mulheres, todos os Homens e todas as Crianças!
Um grande abraço.

horta pinto disse...

Transcrevo aqui o que há pouco escrevi num comentário no blog ponteeuropa.blogspot.com:

A situação no Egito (como na Tunísia) é preocupante. Parece-me evidente que Mubarak merece ser corrido e o seu discurso é de uma flagrante hipocrisia. O que me preocupa é o que virá a seguir: um regime democrático e virado para a resolução dos problemas sociais ou um regime teocrático fundamentalista? Estou como nas primeiras horas da manhã do 25 de Abril, em que não sabia se o golpe militar contra Marcelo Caetano era democrático ou da extrema direita...

Sáb Jan 29, 04:51:00 PM

Carta a Garcia disse...

Caros Nuno Sotto Mayor Ferrão, Luís Coelho, Ana Paula Fitas e Horta Pinto,

desculpem o atraso da resposta aos Vossos assertivos Comentários...
A verdade é que sopram ventos de mudança no Médio Oriente e os povos aspiram pela liberdade...Há, porém, ditadores que vão continuar a tudo fazer para se manterem no poder. Creio que no caso egípcio, o mais complicado pela sua importância estratégica, a pressão internacional não pode desarmar nem deixar de apoiar o povo que luta na "rua árabe"...
Obrigado a todos e perdoem a resposta em colectivo...
Cumprimentos a todos...
Osvaldo Castro